2 comentários Adicione o seu

  1. Marcos diz:

    História fantástica… Show de bola como sempre…

  2. Glorinha Tasca diz:

    Bela história! Também gostaria de ter sido condenada a ser feliz com música… Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *